Pular para o conteúdo principal

Unidade Acadêmica de Garanhuns (UAG) celebra 12 anos do início de suas atividades

terça-feira, 5 Setembro 2017 - 12h55

A Unidade Acadêmica de Garanhuns (UAG), campus da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) localizado no Agreste Meridional, celebra 12 anos do início de suas atividades nesta terça-feira (05/09). A UAG foi a primeira unidade em todo o Brasil oriunda do Programa de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), iniciado pelo Governo Federal em 2004.

Após o desafio inicial de se implantar a primeira expansão universitária para o interior, durante o Governo Lula, com investimentos da ordem de R$ 15 milhões em obras,  a UAG passou a contar com sete cursos de graduação e hoje também possui três de pós-graduação stricto sensu, além de relevantes iniciativas de ensino, pesquisa e extensão. A infraestrutura inclui laboratórios de pesquisa, laboratórios de graduação, um dos mais bem equipados hospitais veterinários do Brasil, bem como prédios de salas de aula, de docentes, prédio administrativo, cantina, entre outros espaços.

A UAG iniciou suas atividades no segundo semestre de 2005, ofertando os Cursos de Graduação em Agronomia, Licenciatura em Pedagogia, Medicina Veterinária e Zootecnia. A partir de 2009 foram implantados mais três cursos: Ciência da Computação, Engenharia de Alimentos e Letras. Na Unidade, também funcionam os Programas de Pós-Graduação em Ciência Animal e Pastagens; em Sanidade e Reprodução de Ruminantes; e em Produção Agrícola.

O processo de interiorização das universidades contribuiu de forma significativa para a transformação vivenciada pela qual o Interior brasileiro passou e vem passando. Com o deslocamento de representantes de uma parcela científica e intelectual da população para municípios mais afastados da capital, muitos jovens passaram a ter mais expectativas e não precisaram mais abandonar suas cidades em busca do sonho do diploma.

Conheça melhor a história da UAG no vídeo abaixo.